FacebooktweeteryoutubeflickrSlideshare
Get flash player to play to this file
FACEBOOK
NEWSLETTER

Remover e-mail da newsleter:


DESTAQUES

PTM IBRICA

Sobrevoando o Porto de Aveiro #1 | 2014 | VDEOFOTO

Jardim Oudinot | Fotos Areas| 2014 | VDEOFOTO

Porto de Aveiro em movimento #1 | 2014 | VDEOFOTO

Sobrevoando o Porto de Aveiro #2 | 2014 | VDEOFOTO

Bicentenrio da abertura da Barra de Aveiro

Praia da Barra Fotos de outros tempos

Excurso dos Empregados Superiores do Dirio de Notcias a Viseu e Aveiro - 1930


METEO
Tempo Aveiro
LINKS

Figueira
Arquivo


Publicidade

FOTOS

 Tall Ship Races no Porto de Aveiro

Tall Ship Races no Porto de Aveiro
SLIDESHOW



MUSEU MARTIMO DE LHAVO
O meu amor foi para o mar estreia esta quinta-feira

O projecto comunitário “O meu amor foi para o mar…” tem estreia marcada para esta quinta-feira 10 de Dezembro, no Museu Marítimo Ílhavo. Trata-se de uma peça orientada por Jonathan Margarido, adaptada de uma novela de José Geitoeira, publicada em 1955, e que envolve cerca de 70 pessoas.

Numa fase inicial, este projeto partiu de momentos de tertúlia e debate, com a partilha de memórias da comunidade sobre a pesca do bacalhau e a ria: os trabalhos, as vivências e o retrato social da época. Houve ainda lugar a várias visitas a exposições, visionamento de documentários, oficinas e diversas dinâmicas que visaram um aprofundamento dos conteúdos abordados no texto que serviu de base a este projeto. No Fórum Municipal da Maior Idade desenvolveram-se os trabalhos artísticos associados ao elenco, às técnicas de teatro-radiofónico, às dinâmicas de teatro e aos exercícios de canto e expressão corporal que culminarão na apresentação da peça.

Numa fase posterior, iniciada em setembro, foi lançado o desafio à participação da comunidade, aberta a pessoas dos 9 aos 80 anos com interesse na música e no teatro. O resultado foi a criação de uma banda para perpetuar a mensagem do autor, criando músicas inéditas com base nos seus poemas. As composições dos temas estão a cargo do músico e compositor Fábio Rocha, sob a orientação de Inês Imaginário.

Os elementos cenográficos e os figurinos das personagens estão a ser construídos por 35 costureiras da comunidade sénior, que ao longo de vários meses utilizaram técnicas como o macramé e o bordado.

“O meu amor foi para o mar…” é uma novela que retrata as gentes do mar, como marujos e tricanas. Estes sentem a saudade na partida e enfrentam a persistência da espera. Gentes que ganham a sua força na fé e a depositam na imprevisibilidade do mar. Esse mar que tanto tira como dá. Uma rapariga apaixonada, uma mãe preocupada, um pai trabalhador e o anseio comum pelo regresso. A tragédia e a bonança deste povo de força que moldou o Ílhavo de agora.

fonte








Newsletter: Subscrever | Newsletter: Cancelar | Poltica de Privacidade

feed
mapa
Publicidade