FacebooktweeteryoutubehistorypinSlideshare
Get flash player to play to this file
FACEBOOK
NEWSLETTER

Remover e-mail da newsleter:


DESTAQUES

PTM IBÉRICA

Sobrevoando o Porto de Aveiro #1 | 2014 | VÍDEOFOTO

Jardim Oudinot | Fotos Aéreas| 2014 | VÍDEOFOTO

Exercício/Simulacro “Porto Seguro 2013” (Vídeo-foto 1)

Porto de Aveiro em movimento #1 | 2014 | VÍDEOFOTO

Sobrevoando o Porto de Aveiro #2 | 2014 | VÍDEOFOTO

Bicentenário da abertura da Barra de Aveiro

Praia da Barra – Fotos de outros tempos

Excursão dos Empregados Superiores do «Diário de Notícias» a Viseu e Aveiro - 1930


METEO
Tempo Aveiro
LINKS

Figueira
Arquivo


Publicidade

FOTOS

 Porto de Pesca Costeira - Por Paulo Magalhães

Porto de Pesca Costeira - Por Paulo Magalhães
SLIDESHOW



EMPREITADA DE ALIMENTAÇÃO ARTIFICIAL DO TROÇO COSTEIRO DA COSTA NOVA-VAGUEIRA COM INERTES PROVENIENTES DO PORTO DE AVEIRO
Agência Portuguesa do Ambiente autoriza investimento de quase 12 milhões de euros

O Conselho de Ministros autorizou esta quinta-feira a APA – Agência Portuguesa do Ambiente, IP e a APA – Administração do Porto de Aveiro, S.A. a realizarem a despesa inerente à empreitada de alimentação artificial do troço costeiro da Costa Nova-Vagueira com Inertes Provenientes do Porto de Aveiro.
O investimento, no valor total de 11.900.500,00 euros, é comparticipado em 75% pelo PO SEUR (relativamente ao valor da responsabilidade da APA, I.P.) e em 44% pelo Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (relativamente ao valor da responsabilidade da APA, S.A.).

A empreitada da “Alimentação Artificial do Troço Costeiro da Costa Nova - Vagueira com Inertes provenientes do Porto de Aveiro”, procede ao aproveitamento dos inertes existentes em depósito numa “ilha” localizada na bacia de manobra do Porto de Aveiro, em frente à Zona de Atividades Logísticas e Industriais (ZALI), reforçando a deriva litoral no troço costeiro a sul do Porto de Aveiro, garantindo, assim, a reposição do balanço sedimentar, envolvendo as ações previstas no projeto, nomeadamente: o transporte dos sedimentos existentes em depósito para a “ilha” localizada na bacia e a posterior remoção, destes e dos que constituem a “ilha”, por dragagem, e subsequente transporte e imersão na deriva litoral entre o 3.º e o 5.º esporões a sul da Costa Nova, entre as batimétricas -2,00 mZH e -5.00 mZH.
 


 



Data: 2018-02-23



Política de Privacidade e Confidencialidade
feed
mapa