FacebooktweeteryoutubehistorypinSlideshare
Get flash player to play to this file
FACEBOOK
NEWSLETTER

Remover e-mail da newsleter:


DESTAQUES

PTM IBRICA

Sobrevoando o Porto de Aveiro #1 | 2014 | VDEOFOTO

Jardim Oudinot | Fotos Areas| 2014 | VDEOFOTO

Exerccio/Simulacro Porto Seguro 2013 (Vdeo-foto 1)

Porto de Aveiro em movimento #1 | 2014 | VDEOFOTO

Sobrevoando o Porto de Aveiro #2 | 2014 | VDEOFOTO

Bicentenrio da abertura da Barra de Aveiro

Praia da Barra Fotos de outros tempos

Excurso dos Empregados Superiores do Dirio de Notcias a Viseu e Aveiro - 1930


METEO
Tempo Aveiro
LINKS

Figueira
Arquivo


Publicidade

FOTOS

 Sada para o Mar

Sada para o Mar
SLIDESHOW



SIMULACRO DE ACIDENTE NO TGL ENVOLVE 170 PESSOAS
Administrao do Porto de Aveiro faz balano final positivo do exerccio

A Administração do Porto de Aveiro (APA, S.A.) promoveu, sábado, 19 de Novembro, um simulacro no Terminal de Granéis Líquidos (TGL), nas instalações da empresa Cires, exercício destinado a testar a capacidade de resposta e prontidão da estrutura operacional do Plano de Emergência da APA.

O exercício envolveu 60 bombeiros das corporações de Ílhavo, Aveiro Novos, Aveiro Velhos e Vagos, para além de elementos da Autoridade Marítima, da APA, GNR, CDOS (Comando Distrital de Operações de Socorro), Serviço de Protecção Civil da Câmara Municipal de Ílhavo e empresas instaladas no TGL e TGS.

No total, foram mobilizadas perto de 170 pessoas.

O SIMULACRO EM IMAGENS


Objectivos primaciais: testar os meios de socorro e o nível de treino do pessoal envolvido, quer nos procedimentos relacionados com a evacuação do Terminal de Granéis Líquidos e do Terminal de Granéis Sólidos, como nas acções desenvolvidas pelas quatro corporações dos bombeiros e por dois rebocadores da empresa Tinita, no confinamento de uma nuvem de gás. Seguiu-se àquela acção concertada a intervenção da equipa de brigadistas da Cires no tamponamento da fuga de gás.

O exercício teve início a partir de um alerta lançado pelo operador na instalação Cires, que reportou a existência de uma fuga de gás (Cloreto de Vinilo Monómero) numa esfera de armazenagem daquele produto.

Após a comunicação do incidente foi activado o Plano de Emergência Interno da APA, constituído o Centro de Coordenação de Operações (CCO) no edifício sede da Administração Portuária e seguidos escrupulosamente os procedimentos existentes para a estrutura operacional interna, seguindo-se a devida articulação com as entidades de protecção civil e forças de segurança nas acções de resposta ao incidente.

A Autoridade Marítima disponibilizou 14 elementos, envolvendo vários meios marítimos na operação, nomeadamente duas embarcações que efectivaram a interdição do canal de navegação principal, na área do incidente, e, uma outra embarcação do ISN, que resgatou as pessoas evacuadas da zona de concentração marítima, no Terminal de Granéis Líquidos.

O Comando Territorial de Aveiro da GNR colocou no teatro de operações os meios necessários ao controlo dos acessos rodoviários ao Terminal de Granéis Líquidos, contanto para o efeito com três viaturas e seis militares.

Para além dos meios operacionais da APA S.A. que envolveu 25 pessoas, estiveram presentes as empresas instaladas no TGL e TGS com um total de 35 elementos, o CDOS – Comando Distrital de Operações de Socorro e o Serviço de Proteção Civil da Câmara Municipal de Ílhavo.
Foi ainda realizado, após o exercício, um Debriefing, no intuito de fazer uma análise do simulacro, de modo a implementar as recomendações resultantes da avaliação.

Num balanço final, a Administração do Porto de Aveiro considera ter sido testada com êxito a capacidade de resposta e prontidão da estrutura do Plano de Emergência Interno.


 


PORTO DE AVEIRO VISTO DO AR - FILMAGENS AREAS, COM DRONE - 62 VDEOS - Clique na imagem para aceder playlist no Youtube







Newsletter: Subscrever | Newsletter: Cancelar | Poltica de Privacidade

feed
mapa
Publicidade