FacebooktweeteryoutubehistorypinSlideshare
Get flash player to play to this file
FACEBOOK
NEWSLETTER

Remover e-mail da newsleter:


DESTAQUES

PTM IBRICA

Sobrevoando o Porto de Aveiro #1 | 2014 | VDEOFOTO

Jardim Oudinot | Fotos Areas| 2014 | VDEOFOTO

Exerccio/Simulacro Porto Seguro 2013 (Vdeo-foto 1)

Porto de Aveiro em movimento #1 | 2014 | VDEOFOTO

Sobrevoando o Porto de Aveiro #2 | 2014 | VDEOFOTO

Bicentenrio da abertura da Barra de Aveiro

Praia da Barra Fotos de outros tempos

Excurso dos Empregados Superiores do Dirio de Notcias a Viseu e Aveiro - 1930


METEO
Tempo Aveiro
LINKS

Figueira
Arquivo


Publicidade

FOTOS

 Barra Paixo

Barra Paixo
SLIDESHOW


A 29 E 30 DE MAIO

Portugal vai realizar, de 28 de Maio a 1 de Junho, o exercício europeu de Protecção Civil CASCADE’19, o maior de sempre em território nacional. A Administração do Porto de Aveiro participa no exercício nos dias 29 e 30 de Maio, com cenário de um derrame de hidrocarbonetos na ria e um cenário de controlo de fuga de matérias perigosas envolvendo incêndio, no Terminal de Granéis Líquidos e um contentor no Terminal Norte.



EM AGOSTO DE 2020

A Infraestruturas de Portugal (IP) consignou a empreitada de construção do troço final da autoestrada A25 de ligação entre Vilar Formoso e a fronteira, prevendo finalizar os trabalhos em Agosto de 2020, foi anunciado esta terça-feira.
Segundo a IP, a concretização do investimento irá permitir a conclusão da autoestrada A25 (Aveiro - Vilar Formoso), ligando o Porto de Aveiro a Espanha através de auto-estrada, e "assegurar ao tráfego de longo curso, sobretudo de veículos pesados, uma via mais eficiente, com melhores condições de comodidade e de segurança na ligação com a Europa".
 



O Porto de Aveiro marca presença no European Maritime Day, que encerra esta sexta-feira, dia 17, no Centro de Congressos de Lisboa.

Nuno Marques Pereira, membro do Conselho de Administração da APA, S.A., foi orador no painel "Port Tech Clusters powered by Bluetech Accelerator", tendo a sua intervenção incidido sobre a estratégia de inovação e desenvolvimento nos portos e articulação com as regiões onde se encontram inseridos.



ATRAVS DA LIGAO FERROVIRIA

Esta quinta-feira, 9 de Maio, saiu do Porto de Aveiro uma composição de 16 vagões carregada com 31 bobines de aço, com destino a Vigo.
É a segunda vez que esta ligação ferroviária se realiza em 2019, havendo fortes expectativas quanto à sua manutenção e até mesmo crescimento.

O Agente de Navegação responsável pelo agenciamento do navio foi a ICC – Navegação, S.A., tendo a operação portuária ficado a cargo da PTM – Ibérica.



EM MUNIQUE, DE 4 A 7 DE JUNHO

Os portos de Aveiro e da Figueira da Foz vão estar presentes, pela segunda vez, na Transport Logistic, a decorrer em Munique, entre 4 a 7 de Junho.
Esta é a maior montra europeia do sector dos transportes e da logística da Europa, com a presença de mais de 2.200 expositores distribuídos por 10 pavilhões. Nela se cruzam os principais actores das cadeias de abastecimento, promovendo as suas actividades e dando a conhecer as actuais tendências do sector.



NOVO MXIMO OBTIDO

O movimento acumulado do Porto de Aveiro no primeiro quadrimestre de 2019 foi de 1 816 332 toneladas, valor que constitui novo máximo no que diz respeito ao tráfego de mercadorias neste período do ano. O anterior máximo, estabelecido em 2018, foi ultrapassado em 1,64%.

Tanto no fluxo de exportação como no de importação foram alcançadas variações positivas de relevo. As exportações atingiram 537 338 toneladas, mais 3,55% do que em 2018, tendo as importações crescido 0,84%, para 1 278 995 toneladas.



O imponente E-Ship 1 esteve esta semana no Porto de Aveiro, para carregar componentes de geradores de energia eólica com destino ao Porto de Izmir, na Turquia.
O E-Ship 1 é um navio Flettner: quatro grandes rotores que se elevam do seu convés são rodados através de uma ligação mecânica às hélices do navio. As velas, ou rotores de Flettner, auxiliam a propulsão do navio por meio do efeito Magnus - a força perpendicular que é exercida sobre um corpo em movimento movendo-se através de um fluxo de fluido.
 



PORTO DE AVEIRO

A 16 de Abril de 2019 iniciou funções o novo Conselho de Administração do Porto de Aveiro (APA, S.A). Presidido por Fátima Lopes Alves, integra, como administradores, Isabel Moura Ramos, Nuno Marques Pereira e Helder Vale Nogueira.
O novo Conselho de Administração passa a presidir também aos destinos do Porto da Figueira da Foz (APFF, S.A.).



MAIS DE 10 MIL CAMIES RETIRADOS DAS ESTRADAS

Em 2018, o movimento ferroviário no Porto de Aveiro atingiu as 256.284 toneladas, crescendo 33,58% em relação ao ano anterior.
Os fluxos de mercadorias incluíram a recepção de cimento, pasta de papel e produtos metalúrgicos, destinados a exportação, e o envio de granéis sólidos alimentares para Espanha.
Para além do incremento da competitividade, o impacto ambiental no transporte de mercadorias de e para o Porto de Aveiro foi altamente reduzido, uma vez que em função da utilização da ferrovia foi possível retirar das estradas cerca 10.250 camiões.



PORTO DE AVEIRO

Operador portuário do Grupo ETE, a Aveiport aumentou a capacidade de armazenagem própria no Porto de Aveiro.
20 mil metros quadrados. É esta a actual área do armazém da Aveiport localizado na área do Porto de Aveiro e que permite dar todas as condições de qualidade e segurança a cargas que necessitam de armazenagem, sejam eles produtos agro-alimentares ou siderúrgicos (tais como bobines de aço, rolos de cordão e papel). De salientar que os armazéns têm, ainda, uma via férrea integrada e uma ponte rolante que, de acordo com a empresa, "facilitam a movimentação das cargas".



COMUNICADO DO MINISTRIO DO MAR

Reproduzimos comunicado emitido pelo Ministério do Mar a propósito do novo Conselho de Administração da APA - Administração do Porto de Aveiro, nomeado em Assembleia Geral da Empresa a 15 de Abril.



PORTO DE AVEIRO

A operar no Porto de Aveiro desde 2014, a empresa é já uma referência no sector marítimo-portuário nacional e espanhol, mas prevê crescer mais com o negócio de contentores em Aveiro.
O grupo Pérez Torres Marítima, sediado em Marin (Espanha), é especializado em operações portuárias envolvendo todos os tipos de mercadorias, desde contentores, granéis, produtos siderúrgicos, carga geral e carga de projectos, entre outros. Com 55 anos de história, o grupo espanhol marca presença em numerosos portos em Espanha e, em Portugal, está presente no Porto de Aveiro, através da empresa PTM Ibérica, desde Julho de 2014.



Sediada no concelho de Vagos, a RiaBlades dedica-se à produção de pás eólicas, tanto para o mercado "onshore" como "offshore" (em mar).
Tendo iniciado a actividade em 2009 no concelho de Vagos, mais propriamente no Parque Empresarial de Soca, a quase totalidade da produção da RiaBlades tem como destino a exportação.



PORTO DE AVEIRO

É no Terminal de Granéis Líquidos que se situa a maior empresa do distrito de Aveiro, a PRIO. Uma realidade que se deverá manter com os investimentos que está a promover actualmente, como explica, em entrevista, o administrador e responsável de Marketing, Paulo Leal.



ENCONTRO NTERMODALIDADE: NOVOS CONCEITOS, NOVOS OBJETIVOS, NOVAS OPORTUNIDADES

Realizou-se no dia 4 de Abril, em Salamanca, um Encontro subordinado ao tema “Intermodalidade novos conceitos, novos objetivos, novas oportunidades”, organizado pelo Ayuntamento de Salamanca, ao abrigo do projeto Cidades Cencyl, financiado pelo Programa de Cooperação Transfronteiriço Espanha- Portugal 2020.

O Porto de Aveiro esteve presente no referido Encontro, com a intervenção do Presidente do Conselho de Administração, Olinto Ravara.



“Não há cativações que impeçam o desenvolvimento do Porto de Aveiro”, afiançou a Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, aludindo aos investimentos de milhões de euros feitos nos anos recentes e nos que estão em curso ou planeados para a estrutura portuária local.
A governante falava nas comemorações do Dia do Porto de Aveiro, no Navio-Museu Santo André, a 3 de Abril.



A Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, anunciou esta quarta-feira, dia 3, a instalação ainda este ano da Janela Única Logística no Porto de Aveiro, um investimento de cerca de 5,6 milhões de euros.
"Um projeto importante em que o valor do investimento (cerca de 5,6 milhões de euros) é nada comparado com o que podem ser as mais-valias e as vantagens, quer do lado do Estado, mas principalmente do funcionamento da economia", detalhou.
 



MINISTRA DO MAR

O Porto de Aveiro deverá afirmar-se como “porto industrial”, à semelhança de Setúbal. Orientação estratégica assumida, esta quarta-feira, pela Ministra do Mar, durante as comemorações do Dia do Porto de Aveiro, na Gafanha da Nazaré.

Na perspetiva de Ana Paula Vitorino, os investimentos em curso, públicos e privados, como a infraestruturação de uma Zona de Actividades Logísticas e Industriais (ZALI), orçada em 26,2 milhões de euros, ou as melhorias das acessibilidades, permitirão “aumentar a capacidade de recepção de navios e, acima de tudo, confirmar o porto como porto industrial; é importantíssimo que assim seja, nem todos podem portos industriais”.



FERNANDO CASTRO

(...) a ligação das gentes da região de Aveiro ao mar e à Ria é ancestral e profunda.Esta importante infraestrutura ocupa, atualmente, uma vasta área que acomoda cinco terminais para á movimentação de cargas diversas, nomeadamente granéis sólidos, granéis líquidos, carga geral contentorizada ou não, um terminal "rol on rol off", para além de áreas distintas para as embarcações da pesca longínqua e da pesca costeira e de instalações para a receção do pescado.



EDUARDO DA SILVA MARTINS:

O Porto de Aveiro “tem potencialidades para desenvolver um projeto muito sustentável” para criar uma linha regular de contentores. Opinião dada por Eduardo da Silva Martins docente e coordenador no ISCIA, em Aveiro, onde é responsável pelo Departamento de Tecnologias do Mar, que dá formação nas áreas dos transportes, logística e a segurança.





Newsletter: Subscrever | Newsletter: Cancelar | Poltica de Privacidade

feed
mapa